sábado, 7 de abril de 2012

É o fim?


     Preciso de tempo. Eu parei de querer entender, pois na verdade, tempo e espaço se tornaram meu maior inimigo. Novamente nossos laços foram corroídos, é atordoante saber que a pessoa que amamos não nos valorizam.
     Dói saber que dei-te tantas oportunidades e que não soubes-te usa-las, por um momento cheguei a acreditar que com esse tempo provasses que estavas mudado, mas afinal, mais uma vez me enganei, aquilo tudo não passou de palavras desgastadas, sem qualquer significado. 
     Francamente não sei mais o que fazer ou até o que pensar, sinto uma mistura de raiva e ao mesmo tempo de amor, e tu, sem esperanças insistes, choras, quase que imploras, porém por mais doloroso que seja só sei dizer ''não''. É improvável que eu queira continuar uma relação, no qual minha confiança se esgotou, ou sendo mais explícita, ela zerou! Como seria continuar uma relação estando conciente que poderás cometer novamente os mesmos erros? É isso? Começo a pensar se isso tudo é uma farsa ou se até hoje encarnas-te um personagem.
     Apesar disso tudo, será que devo colocar um ''fim'' em uma história inacabada? Colocar um ''fim'' após quase um ano de namoro e de uma infinita espera para estar ao teu lado? Colocar um ''fim'' após vários planos? E quanto ao nosso amor, devo desistir de tudo? Pois é, no momento queremos acabar tudo, mas depois tudo muda... As saudades apertam, a dor começa a ser insuportável, e consequentemente acabamos por voltar atrás e esse ''não'' torna-se um ''sim''. 
     Desistir de ti nunca estará nos meus planos, porque olho para ti e vejo que és TU, o rapaz que eu mais amei e quero continuar a amar para o resto da minha vida. Não importa o que aconteça, ainda há muita coisa por acontecer, por falar, por explicar e por confiar.
     Portanto, a verdade é só uma e a verdade é que nunca ninguém irá saber lidar comigo como tu sabes. A verdade é que a nossa história não é perfeita e nunca será e só quem esteve nela é que sabe o que sofremos para chegar aqui. 

5 comentários:

  1. Revi-me em muitas das tuas palavras. E uma coisa eu aprendi...a única mudança capaz de acontecer era em mim e não na outra parte. Só depois de fazer valer a minha vontade, só depois de me valorizar e me amar em primeiro lugar é que vi o outro lado a mudar. Temos de nos amar loucamente para que os outros sintam o mesmo... beijinhos

    ResponderExcluir
  2. , ola princesa (:
    , não amor eu simplesmente estive em Paris e ele ficou ca e costou-me porque ja n estavamos juntis quase dois meses ;x
    , mas sei o que é isso, porque tenho uma amiga, que é a minha gémea e ele esta ca e ele na suiça, mas nos estamos a acabar o 12º e ela vai viver com ele para a suiça :$
    , ó amor a distancia apenas separa dois corpos , nunca dois corações :$

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do teus textos! :)
    Estou a seguir

    ResponderExcluir