sábado, 17 de agosto de 2013

O sofrimento não tem preço



      2 anos e 3 meses e 2 dias. Justamente 2 anos. São exatamente quase 5 horas da manhã. No entanto, os meus olhos ardem, não sei se é de tanto chorar ou se é do sono. Talvez seja pelos dois motivos. Apenas mais uma noite de sofrimento. Sofrimento, será que essa é a palavra certa para eu descrever o que eu estou sentindo? Ou então decepção. Sinceramente não sei mais dizer o que sinto. Só sei que sinto um misto de sentimentos de sofrimento, decepção, raiva, insegurança, desconfiança... 
      Como podes ter feito isso tantas vezes? Desde o teu primeiro erro tu soubes-te que eu só daria mais uma chance e sempre foi assim, até eu perder o número de erros que cometes-te e eu a continuar a acreditar que seria a última vez. Como achas que eu me sinto agora? Deves de estar a achar que estou acostumada a sofrer e que novamente te vou dar outra chance. Mas agora a pouco um amigo me disse: '' Mas o problema é esse mesmo, não devias de estar acostumada querida '' É, realmente, eu não devia de estar acostumada a sofrer, portanto acredita, esta foi a última vez. ÚLTIMA VEZ!
      Neste momento os meus dedos são pressionados nas teclas com uma furiosa raiva, não acredito o como fostes ridículo e criança de me comprar com presentes, cartas, vídeos e enormes textos e não só! Chorou feito uma criança, chegou até a ajoelhar e olhar nos meus olhos e prometer que seria a última vez ou que iria mudar. Pois bem, saiba que o sofrimento não tem preço! 
      No último texto que escrevi neste blog eu finalizei dizendo a seguinte frase: '' Faça valer a pena essa minha última tentativa.''. E o que fizes-te? Acho que não preciso de responder. Será que a nossa relação foi sempre uma farsa? Será que nunca tentas-te mudar? Será que brincas-te com os meus sentimentos? Será que me amas? Será que já não chega de eu ter dúvidas em relação a isso tudo? Será? Eu estou cansada e sem forças de continuar. Dói demais dizer adeus mesmo sabendo que vou ter que me cruzar contigo em casa. Mas talvez o ódio seja o melhor remédio para o esquecimento. E é assim que finalizo este pequeno texto. Nunca pensei que nossa relação fosse acabar desse jeito. Com ódio! Mas infelizmente só te tenho a dizer uma coisa: Fostes tu que escolhes-tes isto. Peço desculpa pela minha frieza, mas acho que isto é o mínimo que mereces!

''Sometimes goodbye is a second chance''

Um comentário:

  1. Poxa, fiquei triste só de ler.
    Lembre-se algumas coisas não são percas e sim livramento. Seu coração pode está partido, mas Deus te ama e ama muito. O amor, o verdadeiro, aquele que não mente, não engana, não faz o outro de trouxa, existe sim. Basta confiar que tem um Deus por nós, misericordioso, amoroso, e que antes de nascermos já tinha escolhido alguém para gente, para o resto de nossas vidas. Se cuida, beijos ♥

    ResponderExcluir