segunda-feira, 4 de maio de 2015

#(6) eu e ele - O nosso segundo encontro após 8 meses separados

      Esperamos muito... Após 8 meses de espera, esse dia lentamente chegou! As férias desse ano 2012, só tinham duração de 1 mês, 3 semanas e 2 dias. Enquanto atravessava o extenso oceano atlântico, a minha ansiedade só duplicava... A vontade de estar perto dele era tanta que não consegui dormir nada na viagem inteira! 
      Ao chegar em Portugal, já era noite! Estive com a minha família num jantar em casa dos meus avós, no entanto, combinamos de nos ver no dia seguinte. Assim que cheguei em casa, só pensava no dia seguinte. Sabia que não ia conseguir dormir naquela noite. Prestes a vestir o meu pijama, a campainha toca! Era ele! Ambos não aguentaríamos esperar mais algumas horas. E ali, naquela noite fria de Verão, nos contemplamos, tocamos e beijamos após tanto tempo. Com esses gestos parecia que eu estava inteira novamente. Quando voltamos para a minha casa, parecia que nunca tínhamos separado. Nessa mesma noite ele conheceu pela primeira vez o meu pai. 
      Conforme os dias passavam, ele conheceu o restante da minha família. Assim como conheci os pais e o irmão dele. Tentamos aproveitar cada hora, minutos e segundos juntos! Eu só queria passar o máximo de tempo com ele, compensando o ano de separação. Como ele ainda não tinha carta de condução de carro, apenas andávamos de moto quando queríamos sair para a cidade. Sendo assim, andei de moto pela primeira vez com ele. A sensação era única. E as paisagens também. Avistar aquelas ruas vazias entre as árvores de Portugal, sentindo aquele ar fresco e seco de Verão e com um céu limpo. É tudo tão diferente daquela realidade que estava acostumada. Eram momentos simples, mas únicos! Momentos que nunca iria esquecer.
      Fomos a imensas festas, jantares em família, minha casa, casa dele, shopping, piscinas, praias, cinema, e até aquele sofá! Aquele sofá sempre foi o nosso cantinho! Foram muitos lugares, muitas memórias, muitas saudades que ia deixar. Quando estávamos juntos, tudo é possível. O fato é que amei cada momento, e não esperava por isso. Infelizmente, o dia de eu voltar chegou. E mais uma vez, a despedida. Ir embora sem saber quando iria voltar. Ele me levou para o aeroporto. Dizer adeus foi a coisa mais difícil que já fiz. Chorei quase a viagem inteira. E mais uma vez, voltamos a nossa rotina... O nosso amor à distância mais uma vez! (próximo texto)

''Além da janela e através das lágrimas que escorriam dos meus olhos, eu via uma camada de nuvens que se espalhava debaixo de mim. Eu não tinha ideia de onde o avião estava. Só sabia que queria fazer a volta e retornar para casa, para estar no lugar ao qual eu estava destinada'' (Nicholas Sparks - Querido John)


(O amanhecer no meio do oceano atlântico)

(Já no aeroporto de Madrid rumo a Portugal)

(De Espanha para Portugal. Cada vez mais perto dele)

(21/06/12 - 4º dia com ele)

(23/06/12 - Combinar saídas com ele por SMS's)




(24/06/12 - Piscina com ele)

(25/06/12 - Visita surpresa ao trabalho dele)

(30/06/12 - Ele na minha casa)

(03/07/12 - Pronta para estar com ele)

(05/07/12 - Noites em família)

(15/07/12 - A caminho da praia com ele, irmão dele e cunhada)

(15/07/12 - Já na praia)

(15/07/12)


(19/07/12)

(20/07/12 - Indo para o shopping)

(25/07/12 - Noites de Verão com música e em casa de família)

(30/07/12)

(06/08/12 - Festa medieval com ele)

(07/08/12 - Blusa que ele fez para nós dois)

(Objetos dele que ele deixou em minha casa durante essas férias)

(08/08/12 - Última noite com ele. Noite de muitas lágrimas)

(09/08/12 - Despedida no aeroporto. Último toque)

(De volta para o Brasil)







Nenhum comentário:

Postar um comentário